Git – Por que usar? – Parte I

 

Em primeiro lugar, o que é Git?

O git é um Sistema de Controle de Versão Distribuído. Começou a ser pensado por Linus Torvalds ainda em 2005, quando ele estava tendo problemas com o Bitkeeper, sistema usado na época para o controle de versão do Kernel do Linux.

Ao pensar em um substituto a esse sistema, Linux Torvalds propôs que ele tivesse:

  • Velocidade
  • Design simples
  • Suporte robusto a desenvolvimento não linear (milhares de branches paralelos)
  • Totalmente distribuído
  • Capaz de lidar eficientemente com grandes projetos como o kernel do Linux (velocidade e volume de dados)

Além disso se procurou um sistema que fosse fácil de lidar, e que não implementasse as mudanças diretamente, mas que houvesse uma camada intermediária. Além do mais deveria proporcionar “caminhos” alternativos ao principal, para o desenvolvimento de novas características, patches de correção e etc. Leia o resto deste post »

Anúncios

Em pouco tempo teremos Linux ainda mais rápidos

233

Essa é a quantidade de linhas do patch do desenvolvedor de kernel Mike Galbraith, feito para o “agendador” do kernel. Aparentemente a latência é diminuida em 10 vezes.

Nós usuários (me sinto um drogado me referindo assim) de Linux já sabemos o quanto ele pode ser rápido, bem acabado e estável. E é por isso que 90% dos supercomputadores usam Linux.

O resultado deste patch é que ele habilita o sistema a automaticamente criar tarefas de grupos por TTY. Vocês podem comprovar a diferença através de testes realizados pelo pessoal do Phoronix. Leia o resto deste post »


Appliances de Segurança

Ultimamente tenho pego muitos serviços para configurar servidores Linux. São eles servidores de proxy, de arquivos, firewalls, e etc. E o Linux definitivamente é a plataforma certa para utilizar para a montagem desses servidores. Distribuições maduras que apresentam cada vez menos bugs e uma facilidade de configuração crescente demonstram isso.

Mas como tecnologia é evolução constante, e quem fica parado fica pra trás em uma velocidade impressionante, sempre procuro testar novidades. Foi assim com a implantação de um servidor de páginas e dois servidores DNSs para a loja. E uma palavra a muito vinha me chamando a atenção, ela é appliance.

Mas o que é uma appliance?

Leia o resto deste post »


Linha do Tempo – Linux Distros

Veja aqui uma linha do tempo das distros linux.Linux Distro Timeline


VPN PopTop

Em primeiro lugar, o que é uma VPN?

Podemos definir VPN como Virtual Private Network, ou seja uma rede privada virtual na. Como a internet é um meio inseguro no qual muita gente mau intencionado pode vasculhar o que se está fazendo, um VPN tem a função de criptografar a conexão, de forma que os dados que forem trafegados não se torne conhecidos tão facilmente.

Muitas vezes, pela facilidade de configuração, quando se precisava criar uma VPN muitos administradores optão pelo windows, pois com um windows 2000 ou XP pra cima, o suporte a criação de servidores VPn é nativo, e muito fácil de se criar.

Leia o resto deste post »


Lançamento Compiz-Fusion 0.52

Este é o primeiro lançamento após a fusão do leve Compiz com o versátil e divertido Beryl. Desa junção esta surgindo o Compiz-Fusion, versão 0.52.
Para melhores detalhes, vejam o blog do projeto.
Compiz-Fusion Official Blog.

Detalhes de como instalar em diversos sabores linux estão no blog.

Technorati Tags: , ,

Powered by ScribeFire.


Como limitar um ataque de força bruta no Linux

Hoje estava navegando na blogosfera e vi um artigo muito bacana, que chama a atenção para algo que acontece com freqüência e que muitos relapsos administradores de sistema acabam por deixar para lá por questões técnicas (preguiça), ataque de força bruta via ssh.

O que me chamou a atenção no artigo foram:

  • importância do assunto;
  • qualidade do artigo;
  • facilidade da solução.

Bem, vamos a ele. Leia o resto deste post »