Petrobrás usa rádio para banda larga no mar

A plataforma petrolífera Sevan Piranema, localizada no oceano a 37 quilômetros da costa brasileira, estreou um sistema de banda larga sem fio que permite aos trabalhadores no mar comunicar-se com os escritórios no continente por sistemas de voz e vídeo sobre IP, além de trocar dados com os servidores em terra firme.

O sistema, construído pela Motorola a pedido da empresa norueguesa Sevan Marine, que presta serviços para a Petrobras, exigiu a construção de uma torre de transmissão de dados em Aracaju, em Sergipe. A torre recebe e envia sinais para quatro antenas receptoras na plataforma marítima.

O uso de várias antenas na plataforma é justificado pelas condições climáticas e geológicas do ponto de prospecção de petróleo no oceano. Dependendo das condições do mar e quantidade de óleo armazenada, a plataforma pode apresentar inclinações, o que prejudica ao menos uma das antenas.

A rede banda larga continente-plataforma é usada para treinamentos por vídeo conferência, operação remota de máquinas e equipamentos, transmissão de arquivos e voz.

A torre de transmissão em Sergipe distribui ainda sinal de internet para dois escritórios em Sergipe.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s